segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Valdice Gomes (Sindjornal), Alessandra Vieira e Milton Pradines (Brasken)

Matéria "O homem por trás da capa" ganha
Prêmio Braskem de Melhor Reportagem


A matéria “O homem por trás da capa”, escrita pelos jornalistas Alessandra Vieira (editora de Cultura de O JORNAL), Elô Baêta (repórter de Cultura) e Victor Mélo (editor de Esportes) venceu na categoria Reportagem Impressa. O texto se transformou em um caderno especial de 24 páginas e contava a história do político alagoano Tenório Cavalcanti, um homem misterioso que marcou Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.
“Mais importante do que vencer com esta reportagem foi ter a oportunidade de contar a história do Tenório Cavalcanti. Foi um esforço em conjunto”, relatou Alessandra Vieira, que investiu na ideia e convidou os colegas para colaborar. Os repórteres viajaram à capital carioca e visitaram a casa do político, onde buscaram detalhes da vida dele.
Com esta mesma reportagem e com outra, Alessandra Vieira também foi finalista na categoria Design Gráfico. Mas, o vencedor foi o editor gráfico de O JORNAL, Jobson Pedrosa, com a arte feita para a matéria “O lixo nosso de todo dia”, publicada no caderno de Cidades e que foi escrita pelo editor-geral, Deraldo Francisco, e pelo repórter Gilson Monteiro.

AO TODO O JORNAL LEVOU 6 PRÊMIOS - O JORNAL foi o veículo de comunicação do Estado que mais levou troféus na 22ª edição do Prêmio Braskem de Jornalismo, cuja solenidade aconteceu na noite deste sábado (19), no espaço Armazém Uzina, no bairro de Jaraguá, em Maceió. Ao todo, foram cinco categorias vencedoras e ainda o reconhecimento dos idealizadores por ter inscrito o maior número de matérias: 60, no total. O superintendente do Sistema Jornal de Comunicação, Luciano Goés, recebeu a honraria.
Em Informação Cultural e Turística, a repórter Shirley Nascimento, colaboradora de O JORNAL, foi a primeira colocada. Venceu com a matéria “Patrimônio Esquecido”. Ela também foi finalista na categoria com outra reportagem publicada no Caderno Dois, assim como a editora de Turismo e Gastronomia, Nide Lins, com a matéria “Memorial Lêdo Ivo”.
Já na modalidade Informação Esportiva só deu O JORNAL entre os finalistas. Quem faturou o troféu o editor de Esportes, Victor Mél. Ele escreveu “Contra o tempo”. O jornalista Luciano Milano concorria com mais duas matérias que, segundo os jurados, estava entre as melhores das que foram inscritas.
O Prêmio Freitas Neto, dedicado ao reconhecimento à produção acadêmica, ficou com a estagiária de fotografia de O JORNAL e estudante da Fits, Larissa Fontes. Ela concorria com a foto “o poder da cura das nossas rezadeiras”, publicada no site laboratório da instituição de ensino superior.

OJORNALWEB – Na categoria Webjornalismo, o repórter Thiago Gomes, do OJORNALWEB, foi finalista com a matéria “Sem seguro, patrimônio histórico do Estado não tem garantia de perpetuação”. Esta mesma matéria venceu o Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho, edição deste ano. A repórter Janaína Ribeiro, da Gazetaweb, ficou com o troféu, com uma matéria sobre a imunidade na política alagoana.
A Gazeta de Alagoas venceu em duas categorias – Informação Política e Econômica – com Carla Serqueira e em Fotografia, com Ricardo Lêdo. Na categoria Radiojornalismo, criada nesta edição, venceu o radialista e jornalista Carlos Madeiro, com uma reportagem que tratava sobre a falta de leitos no Hospital Geral do Estado (HGE). Em Assessoria de Imprensa ganhou Thácia Simone com um case sobre um projeto social na cidade de Tanque d’Arca.
A TV Pajuçara emplacou em Reportagem de TV com a matéria em que denunciava a compra de lotes da Reforma Agrária por assentados de Alagoas, assinada pelo jornalista Thiago Correia. Já a TV Gazeta faturou o Grande Prêmio Braskem de Jornalismo deste ano com a matéria que tratava sobre personagens que lutavam contra a mortalidade infantil no Estado, também de Thiago Correia e equipe.

DÊNIS AGRA – A jornalista Fátima Almeida foi homenageada com a medalha Dênis Agra como forma de reconhecimento pelo relevante trabalho prestado à área no Estado. Ela foi a primeira mulher a comandar o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal) e estava muito emocionada ao ser condecorada.

PRÊMIO – Mais de quinhentos jornalistas de Alagoas e convidados participaram do evento neste sábado. O Prêmio Braskem de Jornalismo foi criado em 1989, com o patrocínio da Salgema Indústrias Químicas – atual Braskem, ele é considerado o “Oscar” do jornalismo alagoano. Na edição deste ano concorreram 116 profissionais de TV, Jornal, Rádio, Web e Assessoria de Imprensa, além de 30 estudantes da Ufal, Cesmac e FITs. Os concorrentes inscreveram 247 trabalhos, 13% a mais que na edição do ano passado.

JULGAMENTO – Realizado pelo Sindicato dos Jornalistas e a Braskem, o prêmio voltou a contar este ano com renomados profissionais na comissão julgadora, a exemplo de Celso Kinjo (coordenador de jornalismo da TV Cultura – SP), Anna Davies (ex-repórter e ex-apresentadora da Globo, TVE, Bandeirantes e SBT – RJ), José Roberto Serra Pinto (editor assistente do jornal O Globo – RJ), Antônio Paulo Santos (diretor da Federação Nacional dos Jornalistas e correspondente do Jornal A Crítica de Manaus – DF), e Paula Didier (jornalista da CDN Comunicação Corporativa – SP). Também deram grande contribuição ao julgamento professores da Ufal, Cesmac e FITs, que foram indicados pelas instituições de ensino.

4 comentários:

  1. Você é uma repórter muito porreta, companheira. Parabéns. Só de pensar que essa matéria surgiu de mais uma estorinha contada por mim, me dá arrepios. Rsss. Seu blog também tá lindo, também tá merecedor de prêmio. Bjus.

    ResponderExcluir
  2. poxa Alessandra, meus parabéns! sucesso pra vc!

    ResponderExcluir
  3. Sandrinha,

    Feliz pelo prêmio, reconhecimento recebido e pelo caminho que estás trilhando. Eu,sinceramente, estou amostrada por ser amiga da PREMIADA.rs

    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. Não tenho dúvidas do excelente trabalho que você faz, pois sua dedicação só poderia resultar nesse prêmio. Parabéns amiga, você merece!!!
    Cris

    ResponderExcluir